Namastê

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Quem Somos
 

Revista Veja e a avaliação dos alimentos verdes

Orgânicos, biodinâmicos e livres de carbono são alguns dos rótulos que compõem a crescente prateleira de produtos "verdes": só no ano passado, a diversidade de itens com o apelo ecologicamente correto aumentou 50%.

Uma pesquisa conduzida pela Embrapa mostra o que mais motiva as pessoas a pagar, em média, duas vezes mais por tais alimentos: ao consumi-los, 80% delas acreditam estar colhendo benefícios à saúde. Embora as práticas de cultivo dos produtos verdes possam ser menos nocivas ao ambiente, a ciência ainda não chegou a uma conclusão sobre as eventuais vantagens desses alimentos em relação aos obtidos por métodos convencionais. A pedido de VEJA, nutricionistas avaliaram o rótulo de sete dos artigos verdes mais vendidos no exterior – alguns recém-chegados ao Brasil. Na comparação com as versões convencionais, em certos casos eles são até mais nutritivos – mas não há confirmação de que isso ocorra por seus atributos ecológicos.

A seguir, os comentários.
   
       
Água mineral
Rótulo: carbono neutro
Marca avaliada: Serra do Japi
Comentário das nutricionistas: não tem mais nutrientes que as outras. O rótulo "carbono neutro" se refere apenas ao fato de a bebida ter sido produzida de acordo com normas que evitam a emissão de gases nocivos ao ambiente (veja o quadro)
Opinião do chef: não difere em nada das demais águas em garrafa
   
       
Chá
Rótulo: biodinâmico
Marca avaliada: Namastê (erva-cidreira)
Comentário das nutricionistas: não oferece nenhuma vantagem nutricional em relação a um chá cultivado à moda tradicional
Opinião do chef: o sabor e o aroma da erva são mais pronunciados do que num chá comum. Seu gosto também permanece mais tempo na boca.
   
       
Açúcar cristal
Rótulo: biodinâmico
Marca avaliada: Native
Comentário das nutricionistas: a única diferença em relação a um açúcar cristal comum é a maior concentração de carboidratos, o que resulta em 25% mais calorias por porção – uma desvantagem, portanto.
Ser orgânico ou biodinâmico não o torna mais nutritivo
Opinião do chef: tem o mesmo poder adoçante do açúcar tradicional, com a vantagem de ser um pouco mais fino – o que lhe confere textura agradável.
   
       
Macarrão integral
Rótulo: orgânico
Marca avaliada: La finestra sul cielo
Comentário das nutricionistas: o fato de ser integral é uma vantagem. Significa que o trigo que lhe serve de matéria-prima passa por menos etapas de processamento – e assim o macarrão preserva mais fibras e minerais. Quanto a ser orgânico, isso não lhe acrescenta nenhum benefício nutricional
Opinião do chef: reúne três características fundamentais de um bom macarrão: textura firme, cozimento uniforme e sabor neutro.
   
       
Achocolatado
Rótulo: orgânico
Marca avaliada: Native
Comentário das nutricionistas: contém duas vezes mais cacau por porção do que os achocolatados convencionais. Com isso, reúne mais flavonóides – substâncias antioxidantes presentes no cacau. Elas ajudam a reduzir a pressão arterial e a controlar o colesterol
Opinião do chef: tem o sabor de cacau mais pronunciado e é menos doce do que os achocolatados tradicionais. Demora um pouco para dissolver-se no leite.
   
       
Bebida de arroz
Rótulo: orgânico
Marca avaliada: La finestra sul cielo
Comentário das nutricionistas: a principal vantagem dessa bebida em relação aos leites integrais está na alta concentração de fibras e no tipo de gordura ali contido – proveniente do óleo de girassol, não tem colesterol. A substituição, no entanto, não é recomendada: o leite de arroz praticamente não tem proteína
Opinião do chef: surpreende pelo ótimo sabor, especialmente o de avelã, uma das quatro versões à venda no mercado. A consistência mais rala lembra a dos leites desnatados.
   
       
Arroz integral
Rótulo: orgânico
Marca avaliada: Tio João
Comentário das nutricionistas: nenhum outro é tão rico em nutrientes. Na comparação com o integral comum, oferece duas vezes mais minerais. Em relação ao arroz branco tradicional, tem até três vezes mais fibras
Opinião do chef: tem sabor mais marcante e consistência mais firme que os demais – o que pode causar certa estranheza.